. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




19 de novembro de 2012


Sexo, amor, traição...

Aqueles sonhos voltaram. Talvez seja a semelhança da situação ou talvez seja arrependimento daquela aposta furada, quando troquei seis por meia dúzia.

De qualquer forma, daria tudo errado no final mesmo. Eu tenho que me convencer que não nasci pra isso e pronto, tem muito o que fazer não. Aquele quadro feliz, colorido, recheado de ternurinha pertence à família ao lado. Se tivesse sido dado a mim, há muito já estaria amarelado no fundo do armário, junto com as lembranças de tudo que passa.

É bom saber que alguém, pelo menos, fez bom uso. Pratiquei o desapego faz é tempo, mas não dá pra evitar pensar no "e se" a aposta tivesse sido outra?
"E se" eu não soubesse a resposta, talvez estivesse bem muito puta da vida agora. Mas soube desde aquela época, sem precisar prever futuro.

...resumem a complicação da vida.




posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online