. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




2 de março de 2012


Nunca imaginei que um dia ansiaria pela calmaria da vida adulta porque a adolescência da alma te coloca em uma montanha russa e chega a ser tão vital que muitas vezes é o que te faz levantar da cama pela manhã.

Mas coração-réi-e-cansado fica tão sabido com o passar dos anos que ensina que o bom mesmo é bater devagar, seguindo esse compasso leve.

E nobre é ter serenidade.

E pensar que um dia eu vim aqui dizer que não queria nunca ter paz...

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online