. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




11 de dezembro de 2011


A sorte nunca é fator nem sequer pseudodeterminante, as coisas só acontecem mesmo a base de muito e muito esforço. Dessa vez eu superei todos os meus limites de luta e persistência e se não for agora, a hora tá bem próxima.

Tenho gente comigo na estrada...E muita gente legal. A ironia é justamente essa porque rebobinar a vida e recomeçar dá um trabalhão e falta fôlego só de pensar, mas traz grandes e gratas surpresas.

E se eu sempre tive ânsia por resultados, por finais, vejo agora quanto tempo perdi sem notar que sou bem mais feliz nesse embaraço todo, na bagunça do meu dia a dia.

.
.
.

O ser humano continua me dando um nojo terrível e sou complemente desacreditada, mas hoje eu quero registrar o quanto eu gosto de gente de bem com a vida.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online