. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




6 de março de 2009


Vai se achando a pica que matou Cazuza, vai!! A agulha de Cristiane F., a tampa de Crush, o pincel de Van Gogh, a erva de D2, a nave espacial de Xuxa, a tartaruga ninja...
É assim que neguinho fica quando sobe à cabeça.
Mas além disso sobra nada.
E depois tu volta a ser aquela mosquinha que pousa no cocô do cavalo do bandido!

Porque a vida é assim, meu filho...isso tu tem que aprender desde cedo.
Um dia esse queixão; no outro, a cabeça baixinha baixinha.
Escola ensina isso não, doutor. Quem ensina é esse mundo calejado, cheio de rugas e histórias pra contar.

E tudo isso daí vale nada nada aqui nesse outro mundo, se tu soubesse!
Mas deixa que eu te ensino...com calma!

...e na sua meninice
Ele um dia me disse
Que chegava lá
Olha aí! Olha aí!
Ai o meu guri, olha aí!...

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online