. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




4 de janeiro de 2008


Tatá, Naniquinha, Branquinha, Catherina, Brinquedinho, Canastrona...

Minha Deborah atabalhoada. Branquinha e flacidazinha...

E muita coisa vai ficar desse capítulo. Queria poder dizer aqui, em público. Queria publicar o que sei, o que vi. Mas não posso.

Tenizinho vermelho 33. 33!! Começou assim!

"Eu não quero ir embora sem te pedir desculpas..."

Ainda bem que o tempo foi nosso amigo. E foi tão fácil dessa vez. Tivemos tempo e oportunidade de tentar de novo. E tentamos. E apagamos o que era ruim...não sabia eu que tinha que me preparar.

Dessa vez não houve aviso, só um convite para um cinema no último dia, na última hora.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online