. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




5 de janeiro de 2008




Bom. Como sempre. Menos clichê até.



Me cansou um bocado a leitura desse livro. Muito bem escrito, narrado com per-fei-ção.
Bom para quem não odeia o cenário da Segunda Guerra Mundial, como EU.

Quem narra a história é a Morte.



Não adianta só ler...tem que fazer os exercícios.
Quem ficar com preguiça, melhor passar longe.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online