. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




2 de junho de 2006


Mais uma pra a sessão do Só me fodo, Brasil!

Fui pro show de Eddie ontem e, antes da banda começar, teve o show de Academia da Berlinda que toca umas lambadas meio malucas, sei lá. O lugar tava lotado porque foi praticamente de graça. Eu estava empolgadíssima. Empolgadíííssima.

Tão empolgada que começou a tocar Kaoma e eu me atrevi a dançar. Claro que era pra tirar uma onda com meus amigos porque quem me conhece sabe que sou meio sequelada de coordenação motora. Choooorando se foi que um dia só me fez chora-a-arrrr...E a gente rodando pra cá, rodando pra lá e de repente, puff, eu me esborrachei de bunda no chão. Pisei no fio dos equipamentos, me desequilibrei, tentei me segurar numa lona cinza que cobria uns ferros, o negócio escorregou e eu levei a queda universal. E ainda levei meu amigo junto.

Fiquei um bom tempo na mesma posição, sem mover um dedo. Parte por vergonha porque todas as pessoas estavam olhando e parte porque eu não tava conseguindo parar de rir. Parece uma anormal essa pessoa, paga o mico da noite e acha graça. Mas depois, com o resto da dignidade que me sobrou, levantei, me ajeitei, reclamei que meu amigo tinha me derrubado e "Pô, sabe dançar não, é?!"...e passou, passou...nem foi tão horrível assim.

E não tinha sido mesmo...até o bonitão da festa aparecer na minha frente rindo muito, se aproximar e falar "Eu vi tudo de onde eu tava, e vi em câmara lenta! Que queeeeda!!!"

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online