. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




20 de abril de 2006


O blog anda passando por crises existenciais. Mas ele voltará a sua programação normal, como novo template e atualizações diárias. Em breve!

A dona dele também anda passando por crises. Só que é um pouco diferente.

Sabe quando chega aquela fase que você tem vontade de sair da toca, se enfiar em qualquer festa e beber até o dia amanhecer? É o que tá acontecendo comigo. Mas justo agora, TODAS as minhas amigas que bebiam comigo inventaram de achar o tal chinelo para seus pés cansados (né assim que falam? ditado besta!). Então entra feriado e sai feriado e todo mundo pergunta o que eu vou fazer...Eu vou assistir televisão com a tua vó, mané!

Ou quem sabe ir com um casalzinho de amigos para uma boate superhipermegaultra animada, onde esse casalzinho ficará sentado numa mesa, fazendo barulhinho de beijo, e eu, provavelmente, encostada no bar fazendo amizade com o barman.

Ah...esqueci. O casalzinho vai preferir ir ao cinema numa sexta-feira à noite, e eu irei ligar para toda a minha agenda telefônica tentando encontrar alguém que queira sair para tomar uma à vera. E para provar que nem é drama, vou admitir que foi o que acabei de fazer hoje à noite. E o resultado dessa procura eu nem preciso contar pra vocês!

O problema se estendeu para os amigos também. TODOS os meus amigos de festinhas alternativas, de bebedeiras varando a noite e saídas de última hora também resolveram achar suas duplas inseparáveis. Até o onipresente desta cidade sumiu, e por ser um fato totalmente inédito, agrava bastante o meu drama...ele era o termômetro da solteirice dessa cidade.

E meus planos para o futuro de ser solteira para sempre, ter amigas e amigos solteiros para sempre que iriam viajar comigo para todos os lugares do mundo? Criiiiise!

Não culpo os casais de namorados que querem ficar unicamente na companhia um do outro, curtindo um love de sessão da tarde e achando que estão tendo a night mais divertida da face da Terra. Mas Deus, precisava ser TODOS OS AMIGOS/AMIGAS ao mesmo tempo?

Crise. Já já passa. Quando eu começar a sair sozinha! Ou quando eu arrumar uma nova turma de amigos...recém-chegados de Marte.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online