. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




6 de março de 2006


Abri a porta do banheiro da boate e dei de cara com uma gordinha simpática. Ela me olhou e soltou um "noooooosa!". Tascou dois beijinhos no meu rosto.
Pensei: "ela vai me estuprar agora, é melhor começar a gritar!".

Fui abrindo a boca para o grito quando ela perguntou:
- Amiga de Ione?
- Hã? Ahhh. Er...eu jamais conheci uma Ione em toda minha vida!
- AI MEU DEUS. Eu devo estar muito bêbada mesmo!

E eu tanto quanto ela! Entrei no banheiro e no meio do meu xixi, escuto ela contando para a amiga:

- Mulher, entrou uma menina aqui e eu fui logo dando dois beijinhos, pensando que era amiga de Ione. Quando vi que não era, pedi desculpas e disse que devia tá muito bêbada.
- Sua LOUCAAAA. E o que ela respondeu??
- Ela disse "sem frescura...tamos em casa!"

É, e estávamos em casa mesmo. Eu tinha acabado de dar dois beijinhos num cara que eu JURAVA que conhecia!

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online