. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




29 de agosto de 2005


Eita fim de semana bom! Claro que metade dele foi tomado por aulas, mas aulas leves e divertidíssimas com professores aloprados. Amo!

Amigas. Rua da Moeda. Gente maluca junto. Um amigo bêbado e doido. Doido de, literalmente, jogar pedra na cabeça das pessoas (ele fica agressivo quando bebe e dá porrada a três-por-quatro-e-nem-me-despenteio!). Um cunhadinho novo entrando pra família, aprovadíssimo.

Horas de fúria ao descer para deixar uma amiga lá embaixo e ver que o idiota (muito idiota) do meu irmão deu um ré e bateu o carro num muro, e ao invés de ir pra casa, fugiu pra casa do vizinho. E na mesma hora da minha fúria, minha irmã liga pra dizer que está numa rua deserta esperando eu ir buscar e que tinha acabado de ter um arrastão. Virei pai, mãe e irmã...quase surtei de raiva e matei os dois na chibata!

Aniversário em família no domingo. Aquela cambada de gente perturbada mental que só quem é da família entende o que eu digo! Muito bom. Domingo de muita preguiça, sinusite, risadas...

Noite de domingo ouvindo gracinhas por não acompanhar a cerveja e ficar só na água mineral. Mas a sinusite não atrapalhou nada. Sushi. Conversas leves. Amigas doidas e desesperadas. E mais pedras na cabeça do amigo café-com-leite que arrumamos pra sair com a gente como guardião.

É isso...mês de agosto acabando. As coisas ficando mais leves. A nuvem negra que ficou dois meses em cima da minha cabeça está se encaminhando pra outro canto desconhecido por mim e me deixando em paz. Me fortalecendo aos poucos e tentando dar menos importância às coisas do dia-a-dia que me deixam fudida. Não fiz milagre, então esses fatores ainda existem, mas agora não mais com tanta intensidade pra causar tanto estrago como já causou.

Tentando ser mais eu, enfim!

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online