. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




26 de julho de 2005


Nos 45 minutos do segundo tempo...GOL!!

...

Eu ando mesmo meio reticências, como dizia Amanda, a personagem perfeita de As Pessoas dos Livros. Até esses posts são todos sem nexo.

Foi foda esses últimos dias. Assim, FO-DA!
Mas aí no domingo à noite empurrei minha irmã contra a parede, quase colocando uma camisa de força na coitada, e obriguei ela a me escutar. Escutar meu desabafo e todas as minhas paranóias. E ela ficou meia hora olhando estranho para mim.

E eu lá, puta-da-vida-falando-sem-parar e ela dava risadinhas no meio do meu desabafo. Eu devia estar possuida.

De repente, ela começou a falar, parecia um gigante apontando o dedão pra mim e dizendo o que eu deveria e não deveria fazer. Ditando as regras, dando as ordens. Até parece que ela sabia de alguma coisa, aquela pirralha! E no dia seguinte, essa pirralha passava por mim e me lançava aquele olhar irônico "olhe o que eu estou dizendo!".

E eu obedeci. Mas obedeci assim, direitinho, como manda o figurino. E no fim das contas, ela estava CERTÍSSIMA, era eu que não sabia de nada. Sabe aquela técnica impossível de abrir a cabeça de uma pessoa e meter coisas lá dentro? Ela deve ter feito isso comigo sem que eu notasse.

Ô coisa boa ter uma irmã com quem você pode se trancar no quarto, claro que em momentos de trégua, e falar todas as merdas que passa pela sua cabeça. E ter uma conversa perfeita. Ela vai dizer que você é uma louca e ainda vai rir da sua cara porque você está completamente assim, pirada. Vai dar um freio nessa sua loucura e dar os conselhos mais verdadeiros, mesmo que aquilo lhe custe a vida. [É, porque nem contei, mas eu mato gente quando estou no auge do delírio!]

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online