. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




24 de julho de 2005


Nada nessa época do ano pode dar certo. É a conjunção dos astros. Nunca deu e nunca dará. Essa bagunça de fechar ciclos, abrir ciclos, ficar tudo pela metade, pequenas histórias inventadas que começam e não terminam, ficam pelo meio...tudo muito bagunçado.

Amanhã não tenho mais trabalho, ainda bem porque não aguentava mais. Mas não sei como começar uma vida nova com minha cabeça bagunçada desse jeito. Preciso de ordem, do RESET.

Minha papoula da India
Minha flor da Tailândia
És o que tenho de suave
E me fazes tão mal...

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online