. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




13 de março de 2003


Tomar outro rumo, foi o que decidi num momento de reflexão. Do mesmo jeito que acordar com uma vontade de mudar, pegar uma mochila e viajar sem destino num ônibus desconhecido. E deixar a vida passar pela janela, e não ter medo do que vem pela frente, porque não há nada ruim.

Seguir algo sozinha, uma estrada diferente, pra pensar um pouco na minha vida. Ser egoísta de uma forma que não prejudica ninguém, mas só pra me fazer bem. Olhar pra dentro. Ficar em paz comigo. E um anjo me guia por essas estradas, me carregando pelas mãos e ensinando o caminho que ele já percorreu. Tudo isso me faz bem. Quero só meus pensamentos agora.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online