. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




2 de março de 2003


Olinda ontem até às 8 da noite...Ninguém merece aquele lugar durante a noite. Uma vez no meio da multidão, uns anos atrás, um cara fez xixi em cima de mim e de uma amiga. Juro. A gente sentiu uma agüinha quente molhando nossas pernas. E quando vimos, o cara tava com a biloca de fora fazendo xixi...putz!

Minha amiga saiu chorando de lá. Um desespero da gota serena. Mas é tudo muito bom...aqueles frevinhos, aquele aperto, aquele suor, aquelas pessoas, tudo tudo tudo...até às cinco da tarde. Depois disso as pessoas se transformam e liberam seus instintos selvagens. Tenho medo!

Ontem a gente exagerou na hora e terminei perdendo o Recife Antigo à noite por causa da ressaca e do cansaço. A gente bebeu muito, mas naquele calor nem efeito a bebida faz. Tá, ok, por um lado é bom. Hoje tem Rec Beat. Irei se Deus for pai e gostar de carnaval.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online