. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




6 de março de 2003


Diazinho leve. Espero que termine assim.

Abstraí o fato da empregada só voltar no fim do mês, considerando que ainda estamos no dia 06 e que eu odeio serviços domésticos, mas que serei obrigada até então.
Abstraí o sermão da professora na primeira aula que chegou com um papo de "cês tão pensando que a vida é essa maravilha toda? Ah, tão todos enganados!" às 8 da manhã em plena quinta-feira pós carnaval. E também todo o meu sono por ter ficado até tarde lendo a Quatro Rodas do meu pai.
Abstraí também o bolo que levei do professor na minha primeira aula de hidroginástica. (E coisa de velho é o caráleo!)

Mas pelo menos não tive aula à tarde. Saí pra almoçar com Dan, Gabitch e Cabello. Colocamos os papos em dia e combinamos algumas coisas pra o churrasco que faremos no domingo.

Agora estou aqui ouvindo Cordel do Fogo Encantado. Tentando abstrair os gritos do meu pai, que já mandou desligar essa macumba.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online