. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




12 de janeiro de 2003


É muito foda ver esses pequeninos crescendo. Aí minha prima agora tá toda alta, bonitona e nem é mais tão ingênua. Na outra vez que veio por aqui, a peste ainda aprontou comigo.

Andava sumindo com meu celular e eu nem me dando conta. Foi quando recebi uma ligação d'uma doida bem braba, dizendo que se eu não parasse de ligar pro namorado dela, eu tava fodida. Fiquei sem entender, gaguejei um mais ou menos "você só pode ser neurótica, que mané namorado dos outros, minha filha!" (ah-rã!) e desliguei puta da vida com aquele só-pode-ser-engano.

Ah, feladumaégua! Bobinha sou eu que acho que esses pirralhas nunca crescem.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online