. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




12 de janeiro de 2003


Meus priminhos chegaram do interior. Falei em "priminhos"? Pelamordedeus, cadê aqueles moleques que eu dava cascudo? Andaram comeram fermento e agora estão destamanhão assim! Pobre de mim, condenada pra sempre a ser pequena. Agora até eles me traíram.
E a primeira coisa que escuto do meu primo é:
- Tatá, Tatá...tás tão baixinha! (e dá um tapinha na minha cabeça com um sorrisinho irônico!)
- Ahhh moleque sem-vergonha. Vem cá que te dou uns cascudos! (ôpa, cascudos? Já era, Renata!)

Tudo bem, vou continuar fingindo que acredito naquele papo dos melhores perfumes nos menores frascos.

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online