. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




27 de dezembro de 2002


Um momento de umbiguismo
(Post reflexivo, interior, encaminhado a mim mesma)

Sensação esquisita. Sono. Não tô conseguindo pensar, ainda é cedo para meus neurônios começarem a funcionar, principalmente por ter ido dormir tão tarde, ou tão cedo. Mas isso é assunto pra outro post que farei mais tarde. Dor de estômago. Mudanças que serão inevitáveis durante essas férias, assim como no ano passado. Mudanças internas e pela primeira vez, perceptíveis a qualquer pessoa, principalmente aos amigos próximos. Renovação pra mim, que reflete aqui dentro. Mudança interior, que reflete lá fora.

Não é por chegar um ano novo, nem por vontade de mudar. Mas por momentos únicos que nos fazem repensar a vida e minha forma de viver. Falta um pouco de egoísmo, sim, um egoísmo saudável, pra pensar mais em mim. Pra dizer mais "foda-se", pra repetir a mesma frase que aprendi no ano passado, naqueles momentos de devaneios. Não um "foda-se" específico relatando momentos de raiva. Mas generalizado, significando um "pô, tô nem aí!". Significando leveza! Sim, é preciso ser mais leve. A FELICIDADE VEM DE MOMENTOS E A ALEGRIA VEM DA LEVEZA. Preciso acreditar nisso.

Medo. Vontade de crescer sem saber se estou preparada. Vontade de mudar sem ainda saber o quê. Mas eu confio no tempo, que sempre sabe a maneira mais adequada e a hora mais certa. Mas já é chegado o momento, que venha janeiro e seus efeitos, estou pronta!

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online