. Calendário .






. Blogs outros .

Antipoético
Às vezes tudo...
Balde de gelo
Brenda Walsh
Canto de detalhes
Carbon Monoxide
Clarah Averbuck
Clarices
Cristiane Lisboa
Estradeira
Filosofia de Para-Choque
Garatuja
Kibe Loco
Namastê
Qual é a sua?
Pena & tinteiro
Playground
Redatoras de merda
Rita Apoena
Tudo palhaço
Um baiano em Sampa
Vodca barata





. Arquivos .




16 de dezembro de 2002


Pra quebrar a monotonia do domigo, fomos ao Apolo assistir "Para minha irmã!"
Da diretora de Romance, outra provocação via olhar feminino. Duas irmãs adolescentes perdem suas virgindades durante as férias de verão. Ambas têm experiências radicalmente diferentes. Prêmios nos festivais de Berlim e Chicago.

Um filme desajeitado, com um discreto humor negro e final inusitado. Marisa teve uma crise de riso de chamar atenção sem nenhum motivo aparente.

Na seqüência, uma passada no La Prensa. Nossa, aquilo virou um antro de patricinhas! Então esperamos Marcelo chegar e fomos pro Capibar, era aniversário de uma amiga dele. A noite acabou cedo, e é por isso que eu odeio o dia de domingo!

posted by Genivalda Joga pedra na Geni!




Powered By Blogger TM

online